Área exclusiva

Cadastre-se / Esqueci minha senha

Laboratório de Pesquisa Clínica CosméticaEficácia ClareadoraVoltar

Eficácia Clareadora – Clínica, Percebida, Colorimétrica

Avaliamos a eficácia de um produto cosmético em clarear a pele ou mesmo uma área alvo da pele, mas é muito importante que o solicitante tenha total ciência que o termo “clareador” ou algo que remeta a isso não deve ser utilizado para produtos cosméticos.
O estudo utiliza 20 voluntárias saudáveis de idade pré definida e com características de discromias dérmicas não patológicas indicadas pelo patrocinador do estudo.
Esse estudo é conduzido por um período mínimo de 30 dias (mas isso pode variar de acordo com os indicativos que o formulador passe para o instituto), ou seja, o voluntário é orientado a usar o produto conforme o modo de uso enviado pelo fabricante na área investigacional e esse uso indica prováveis reações relacionadas a “realidade do uso”.
O patrocinador do estudo passa para a Ecolyzer os itens de avaliação que quer investigar e que será feita para a avaliação da eficácia clareadora.

Quanto à eficácia percebida (apreciabilidade) clareadora avaliada pelo próprio voluntário:
Exemplos (o próprio voluntário responde em T final):

Clareamento da pele
 Nota: 5, 4, 3, 2, 1

Uniformização do tom da pele
 Nota: 5, 4, 3, 2, 1

Diminuição do aspecto de pele com varias tonalidades
 Nota: 5, 4, 3, 2, 1


Quanto à eficácia clínica clareadora avaliada pelo medico dermatologista:
Exemplos (o próprio voluntário responde em T0 e T final):

Tonalidade da pele/área
 Nota: 5, 4, 3, 2, 1

Uniformização do tom da pele
 Nota: 5, 4, 3, 2, 1


Quanto à eficácia colorimétrica por equipamento instrumental:
Nesse tipo de avaliação o equipamento Colorímetro indica matematicamente a cor da pele/área do voluntário antes e após o uso do cosmético. É uma forma de conseguir valores exatos da eficácia despigmentante/clareadora.
 

O estudo de eficácia clareadora é um estudo que valida o potencial de um produto em melhorar o aspecto cosmético da área tratada. Essas aplicações são feitas pelos voluntários de acordo com o modo de uso do produto enviado pela empresa.

O estudo tem avaliação de segurança no início e termino por médico dermatologista e durante todo o período de estudo o voluntário tem disponibilidade de dermatologista para eventuais eventos adversos.
Se durante o processo não houver reações/eventos adversos o produto será aprovado para o laudo de eficácia.

Esse estudo é utilizado para:

  • Obter o apelo de “melhora a uniformidade do tom da pele”
  • Obter o apelo de “melhora as imperfeições de tonalidade”

Newsletter

Social
Rua Romão Puiggari, 898 - Vl. das Mercês São Paulo/SP - Cep 04164-001 Telefone: (11) 2969-5020
y